As vantagens da telerradiologia para um centro de diagnóstico por imagem são muitas. Conheça mais sobre o assunto neste conteúdo!

Telemedicina é a aplicação de tecnologias de telecomunicações para fins médicos. No campo do Diagnóstico por Imagem, essa inovação recebe o nome de Telerradiologia e consiste na prática em que exames de imagem são analisados por médicos radiologistas que não estão presentes no local em que as imagens são geradas.

Qualidade com Custo Variável

A utilização da Telerradiologia está sendo cada vez mais adotada por hospitais e clínicas por acabar com as dificuldades em se encontrar médicos capacitados a elaborar laudos de alta qualidade nas diferentes subespecialidades da Radiologia, principalmente em localidades mais remotas.

Além disso, mesmo quando há radiologistas locais disponíveis, sai mais barato usar um serviço de laudos à distância, uma vez que custos fixos são substituídos por variáveis. A conta é simples: um radiologista recebendo um valor fixo por período (ou mensal) pode chegar a custar quase R$ 500.000 ao ano (independentemente do volume de exames emitidos). Por outro lado, uma empresa de Telerradiologia conta com uma equipe de radiologistas altamente especializados trabalhando 24h por dia, 7 dias por semana, 365 dias ao ano, e cobra somente pelos laudos emitidos, com valores em torno de R$ 5,00 a R$ 60,00 por laudo (a depender do tipo de exame).

Cobertura de Férias, Plantões e Variações Sazonais

Como qualquer outro profissional, os médicos radiologistas também tiram férias, ficam doentes ou tiram períodos de licença-maternidade. Quando o centro de imagem conta com um número grande de profissionais, o impacto desse tipo de situação no andamento do serviço é pequeno. Entretanto, principalmente para centros de imagem menores, pode ser necessário contratar radiologistas adicionais para cobrir essas lacunas da escala, o que pode acarretar na subutilização de todos os contratados.

Outra característica conhecida pelos gestores de centros de imagem é a sazonalidade anual no número de exames. É sabido que em alguns períodos, como no fim do ano e em semanas de feriados prolongados, há uma menor procura por exames radiológicos.

Sabendo disso, hospitais e clínicas têm utilizado cada vez mais Telerradiologia para reduzir o impacto financeiro e no andamento de seus serviços de afastamento de radiologistas e para atenuação de variações sazonais.

Radiologistas Altamente Especializados e Reconhecidos

Em um país de proporções continentais e com marcadas desigualdades regionais como o Brasil, é comum que serviços de imagem de localidades mais afastadas tenham dificuldade na contratação de radiologistas qualificados e especializados nas diversas subáreas do Diagnóstico por Imagem (p.ex.: neurorradiologia, radiologia mamária ou radiologia do sistema musculoesquelético).

Nestes casos, a Telerradiologia surge como a solução ideal, pois oferece permite que radiologistas subespecialistas possam atuar diretamente com pacientes de cidades mais remotas.

Quer saber mais sobre a STAR Telerradiologia? Entre em contato conosco.