Tecnologia

Você está aqui:-Tecnologia

Últimos artigos e notícias sobre sobre tecnologia na Radiologia

A importância do uso de protocolos de exame adequados para cada doença

Nos últimos anos, vivemos um incrível desenvolvimento das tecnologias, sendo notória a utilização de muitas dessas na área da Radiologia. Dentre elas, podemos citar o desenvolvimento de equipamentos com capacidade de detecção muito maior, além do desenvolvimento de sistemas e redes dedicadas à saúde. Esses avanços permitem a comunicação e a acessibilidade aos exames e informações do paciente pelo médico a qualquer momento, e

7 Dicas para Reduzir Custos em Centros de Diagnóstico por Imagem

A gestão eficiente de custos e de tomadas de decisões tem administrado importante espaço nos ambientes internos das empresas. Considerando-se que o mercado, em presente circunstância, não sustenta as passagens de custos com aumento excessivo, gestores têm se desdobrado para conter suas despesas. Ignorar o controle e a direção de operações financeiras de uma organização pode comprometer a sustentabilidade do negócio. Isto posto, administradores

O uso de metamateriais e a evolução da ressonância magnética

A imagem por ressonância magnética tem representado um excelente avanço à medicina moderna, sendo um popular método de diagnóstico estabelecido na prática clínica. Ao mapear a posição de moléculas de águas no organismo, o aparelho de ressonância magnética submete o local a um campo magnético, alinhando os núcleos de átomos de hidrogênios e formando “pequenos imãs”. Em seguida, ondas de rádio são emitidas em determinadas

Novos protocolos de imagem propõem redução do uso do gadolínio no acompanhamento de pacientes com Esclerose Múltipla (EM)

Uma novidade pode chegar em breve para os pacientes portadores de esclerose múltipla (EM). Uma vez que podem ser rotineiros os exames de ressonância nuclear magnética (RM) nesta população, e, hoje, em geral, o padrão é a utilização de altas doses de agentes de contraste à base de gadolínio (GBCAs) durante os exames, um protocolo mais recente promete reduzir significativamente seu uso, de forma

4 Razões pelas quais Inteligência Artificial não Substituirá os Radiologistas

Inúmeros artigos foram escritos nos últimos anos sobre a substituição de radiologistas pela inteligência artificial. A maioria deles prevê a extinção da profissão, da mesma maneira que ocorreu a dos dinossauros no período Jurássico. De acordo com artigo publicado na revista Radiology: Artificial Intelligence, os radiologistas não devem ter medo de serem substituídos pela máquina, desde que estejam abertos para abraçar a inteligência artificial

IA (Inteligência Artificial) – Mais um avanço

Um respeitado fornecedor de análise de imagens médicas e plataformas projetadas para auxílio automatizado aos radiologistas na elucidação em diagnóstico por imagem, usando a IA (inteligência artificial), obteve o aval da FDA (Food and Drug Administration) – agência americana referência como responsável por fiscalizar, proteger e promover a saúde em vários aspectos, incluindo na área de diagnóstico por imagem),  para uma nova solução de

A inteligência artificial – Novidades agendadas para o fim do ano

Instituto Nacional de Saúde e as principais sociedades de radiologia altamente reconhecidas no mundo divulgarão novas conquistas na área da IA para imagens médicas no fim deste ano. A inteligência artificial (IA) é uma realidade cada vez mais presente nas práticas de trabalho o dia-dia, seja na medicina, engenharia, direito ou mercado financeiro, de forma geral, melhorando o desempenho das atividades nestes setores. Fugindo um

Proteção radiológica: até que ponto vale o seu uso?

Proteger o paciente durante um exame de imagem está consolidado na prática radiológica. Quando um grupo executante dos exames radiológicos, os tecnólogos e biomédicos, foram perguntados recentemente sobre o que fariam se a unidade de imagem onde trabalham parasse de fornecer proteção ao paciente, 86% afirmaram proteger os pacientes de qualquer maneira, e 1% pediria demissão. Aí vem a pergunta. Qual é o custo e

Medicina do Futuro: a Simbiose entre a Mente Humana e a Inteligência Artificial

A incorporação da Inteligência Artificial (IA) nos diversos campos de atuação profissional vem sendo cada vez mais explorada. Na medicina não é diferente, visto que com sua grande capacidade de armazenamento e processamento de dados, entende-se que a Inteligência Artificial, sobretudo a Deep Learning (DL), permite um melhor desempenho da prática médica, pontuando-se três setores: para os clínicos, auxiliando na interpretação das imagens; nos serviços

As Doenças Fibrosantes são um Desafio Diagnóstico para o Radiologista

As doenças fibrosantes pulmonares são um desafio diagnóstico para o radiologista. Para auxiliar seu diagnóstico, as Sociedades Torácica Americana, Europeia, Japonesa e Latinoamericana produziram em 2011 um guideline com critérios diagnósticos e de manejo terapêutico. A emergência de algoritmos de inteligência artificial para a interpretação de imagens (deep learning) trouxe a necessidade de estudos para a validação desta ferramenta, considerando os critérios estabelecidos nestes