Instituto Nacional de Saúde e as principais sociedades de radiologia altamente reconhecidas no mundo divulgarão novas conquistas na área da IA para imagens médicas no fim deste ano.

A inteligência artificial (IA) é uma realidade cada vez mais presente nas práticas de trabalho o dia-dia, seja na medicina, engenharia, direito ou mercado financeiro, de forma geral, melhorando o desempenho das atividades nestes setores. Fugindo um pouco da medicina, uma das maiores redes de Private Banking do Mundo constatou que cerca de 60% do mercado de ações já é auxiliado pela Inteligência Artificial (número que não alcançava 30% há uma década).

Acompanhando esta realidade e de volta à radiologia médica, uma análise detalhada para as prioridades de pesquisa, evoluções, benefícios e eventuais problemas da Inteligência Artificial já foi publicada em 16 abril de 2018, e instituições interessadas, como por exemplo, NIH  (Instituto Nacional de Saúde), RSNA (Radiological Society of North America) e ACR (Colégio Americano de Radiologia) tem um novo relatório com um roteiro mais detalhado e atualizado, com publicação prevista para o final desse ano no Jornal do Colégio Americano de Radiologia.

O trabalho conjunto destas instituições é visto com bons olhos e essencial para precisar as oportunidades atraentes para pesquisa e utilização de Inteligência Artificial em imagens médicas. Suas conclusões permitem preparar o setor médico para utilização das atuais e futuras ferramentas da IA, fazendo com que estas novidades cheguem o quanto antes aos pacientes.

Redigido por Flávio Pereira das Posses

Fonte:

Radiology Business: Second research roadmap focused on AI (Artificial Intelligence) in radiology coming soon.