Dr. Flávio Pereira das Posses

Sobre Dr. Flávio Pereira das Posses

Dr. Flávio é um dos coordenadores da STAR. Cursou Medicina na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (EMESCAM), fez residência médica em Radiologia e Diagnóstico por Imagem na Universidade Estadual de São Paulo (UNESP), e tem especializações em Radiologia Oncológica e Radiologia Musculoesquelética pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP).

Quarentena funciona: São Paulo retarda o pico da pandemia e segura colapso do sistema de saúde

A quarentena trouxe medidas de distanciamento social implantadas pelo Governo de São Paulo que surtiram efeito. Estudos apontam que a disseminação do coronavírus (COVID-19)parece ter diminuído. Este era o principal foco, de forma que o sistema de saúde não ficasse sobrecarregado, como ocorreu em outros países. A expectativa era que, sem a quarentena decretada pelas administrações estadual e municipal da capital paulista, o pico de

Inteligência Artificial vs COVID-19: como a tecnologia auxilia radiologistas na distinção entre infecção por Coronavirus e Pneumonia adquirida pela comunidade

Inteligência Artificial (IA) auxilia radiologistas na distinção entre infecção por COVID-19 (coronavirus) e Pneumonia adquirida da comunidade (PAC) na tomografia.     Um novo programa de Inteligência Artificial ajudou radiologistas na China a diferenciar os achados do COVID-19 da pneumonia adquirida na comunidade, bem como de outras doenças pulmonares, na tomografia computadorizada do tórax (CT). Tendo como base um estudo em seis hospitais, os pesquisadores

A radiografia de tórax e suas “limitações” na avaliação de pacientes suspeitos para Covid-19.

O uso da radiografia de tórax é rotineiro nos ambientes hospitalares, sobretudo no atual momento, que vivemos a pandemia do Covid-19. Muitas vezes é realizada para avaliar pacientes com suspeita de coronavírus, visto o acesso mais fácil em relação à tomografia de tórax. Entretanto um novo estudo levanta dúvidas sobre essa prática. Pesquisadores de Hong Kong, em um estudo retrospectivo, demonstraram que, em uma amostra

COVID-19: Recomendações para utilização de Radiografia e Tomografia Computadorizada em casos suspeitos

A Organização Mundial da Saúde declarou o surto de COVID-19 uma pandemia global. Na falta de Kits de testes virais (único específico no diagnóstico do COVID-19), alguns hospitais passaram a usar a radiografia ou a tomografia computadorizada (CT) de tórax para avaliar estes pacientes, já em um primeiro momento. Entretanto, a recomendação do Colégio Americano de Radiologia (ACR) é que o uso da CT em

Os obstáculos para o uso em massa da Inteligência Artifical na radiologia

A radiologia é uma das áreas mais importantes da medicina. Envolve diagnosticar doenças a partir da interpretação das várias modalidades de imagem, variando de ultrassom, ressonância magnética (RM), tomografia computadorizada (TC) e raios-x. Há dados que evidenciam um grande aumento do uso da radiologia na prática clínica. Nos últimos anos, muito tem se falado sobre o uso da inteligência artificial (IA) na radiologia. Em síntese,

Radiologia em pronto-socorro: maior responsabilidade aos radiologistas

Cerca de 50 % das queixas do setor de radiologia estão relacionadas a exames de pacientes oriundos do pronto-socorro. Os erros de diagnóstico estão entre os principais fatores que alimentam estas reclamações. Tal fato tem consequências indesejadas para o paciente, serviço de imagem e para o próprio radiologista. Mas por que exatamente a maioria das reclamações envolvem pacientes dos setores de emergência? Um estudo publicado

Novos protocolos de imagem propõem redução do uso do gadolínio no acompanhamento de pacientes com Esclerose Múltipla (EM)

Uma novidade pode chegar em breve para os pacientes portadores de esclerose múltipla (EM). Uma vez que podem ser rotineiros os exames de ressonância nuclear magnética (RM) nesta população, e, hoje, em geral, o padrão é a utilização de altas doses de agentes de contraste à base de gadolínio (GBCAs) durante os exames, um protocolo mais recente promete reduzir significativamente seu uso, de forma

IA (Inteligência Artificial) – Mais um avanço

Um respeitado fornecedor de análise de imagens médicas e plataformas projetadas para auxílio automatizado aos radiologistas na elucidação em diagnóstico por imagem, usando a IA (inteligência artificial), obteve o aval da FDA (Food and Drug Administration) – agência americana referência como responsável por fiscalizar, proteger e promover a saúde em vários aspectos, incluindo na área de diagnóstico por imagem),  para uma nova solução de

Portal de pacientes e radiologia: como melhorar este canal entre o paciente e o radiologista?

É comum instituições de saúde oferecerem acesso aos pacientes sobre seus registros médicos via um centro aglomerador e distribuidor de conteúdo online, os chamados portais de pacientes. Esses portais, educativos, demonstraram melhorar o envolvimento do paciente com sua condição clínica, bem como a comunicação com os prestadores de serviços de saúde. Por outro lado, infelizmente, esta ferramenta também oferece recurso para manipulação de dados,

A inteligência artificial – Novidades agendadas para o fim do ano

Instituto Nacional de Saúde e as principais sociedades de radiologia altamente reconhecidas no mundo divulgarão novas conquistas na área da IA para imagens médicas no fim deste ano. A inteligência artificial (IA) é uma realidade cada vez mais presente nas práticas de trabalho o dia-dia, seja na medicina, engenharia, direito ou mercado financeiro, de forma geral, melhorando o desempenho das atividades nestes setores. Fugindo um